terça-feira, 3 de maio de 2016

Olhar...

OLHAR...

Não vês que o olho abarca a beleza do mundo inteiro? É janela do corpo humano, por onde a alma especula e frui a beleza do mundo, aceitando a prisão do corpo que, sem esse poder, seria um tormento. Ó admirável necessidade! Quem acreditaria que um espaço tão reduzido seria capaz de absorver as imagens do universo?

Leonardo da Vinci