terça-feira, 11 de março de 2014

A FILOSOFIA E A MATEMATICA - UM PASSO DO TODO


O pensamento filosófico na matemática é uma ferramenta importante na construção do conhecimento científico. Um exemplo dessa teoria Pitágoras, considerado o grande iniciador da teoria dos números, foi ainda o fundador da seita dos “pitagóricos” e esta escola afirmava haver uma relação numérica entre as coisas. 

Tales de Mileto foi o primeiro a estabelecer as bases racionais para a geometria. Bertrand Russel se destaca por suas obras em filosofia matemática. Já Blaise Pascal teve importância no cálculo das probabilidades e no triângulo que leva seu nome, sua obra filosófica de importância chama 'Pensamentos'. 

Leibniz descobriu as bases do cálculo diferencial e na filosofia imaginou o sistema profundo das mônadas, segundo o qual existe entre a alma e o corpo uma harmonia preestabelecida, ele também desenvolveu um método para a determinação de máximos e mínimos. Erastóstenes descobriu uma tabela de números primos que tem o nome de “Crivo de Erastóstenes” e era filósofo. 

segunda-feira, 10 de março de 2014

Oração de Nietzsche ao Deus desconhecido


Muitos só conhecem de Nitzsche a frase “Deus está morto”. Não se trata do Deus vivo que é imortal. Mas do Deus da metafísica, das representações religiosas e culturais, feitas apenas para acalmar as pessoas e impedir que se confrontem com os desafios da condição humana. Esse Deus é somente uma representação e uma imagem. É bom que morra para liberar o Deus vivo. Mas não devemos confundir imagem de Deus com Deus como realidade essencial. Nietzsche estudou teologia. Eu pude dar uma palestra na Universidade de Basel na sala em que ele dava aulas, quando fui professor visitante em 1998 lá. Essa oração que aqui se publica é desconhecida por muitos, até por estudiosos do filósofo. Por isso no final indico as fontes em alemão de onde fiz a tradução. No original, com rimas, é de grande beleza. (Leonardo Boff)