quinta-feira, 26 de setembro de 2013

30° ENCONTRO NACIONAL DOS ESTUDANTES DE FILOSOFIA




No XXIX Encontro Nacional de Estudantes de Filosofia, realizado em Janeiro de 2012, na cidade de João Pessoa-PB, estudantes de graduação em filosofia da Universidade Federal do Mato Grosso começaram a se articular, no sentido de reorganizar um movimento estudantil que fora interrompido, buscando a construção de um encontro nacional no ano de 2014.
Não se tem até o momento registros sobre encontros anteriores de Filosofia na Universidade Federal do Mato Grosso, o que evidencia a necessidade de sediar tão relevante evento. Sendo o Estado do Mato Grosso geograficamente um ponto estratégico em relação às demais regiões do Brasil.  
Com a constatação dessa lacuna, surgem diversas questões sobre a importância de se criar um encontro de estudantes de filosofia no Estado do Mato Grosso. Um evento que possibilite a discussão de questões internas sobre a filosofia e também a importância da prática da Filosofia nos rincões do Brasil. Um encontro que promova a troca de experiências acerca dos enfoques que cada universidade toma para si e que repercutem diretamente na formação de filósofos e na definição de um panorama dos profissionais que praticam a filosofia em lugares afastados dos grandes centros do país.
A Filosofia está crescendo muito nos últimos anos em todo país, no que diz respeito à proliferação de cursos de graduação, o crescimento nos últimos anos se deu de maneira considerável.  
Todavia, a realidade da graduação varia muito de uma instituição de ensino superior para outra, configurando representações diversificadas do profissional de Filosofia. Tais variações são verificadas desde o conteúdo de cada disciplina até os estágios oferecidos, passando pelas disciplinas obrigatórias e optativas do curso. 
Os estudantes também encontram diversos problemas na graduação, principalmente entre as instituições de ensino privadas e públicas. A educação é um direito constitucional, sendo esse direito reivindicado de diferentes maneiras entre esses dois âmbitos existentes, é a partir de diferentes discursos e estratégias de luta que podemos entender o contexto da universidade pública em todo país. 
Dentre tantas divergências, contudo, há alguns pontos convergentes: academicamente, a formação, isto é, todos os estudantes de Filosofia da UFMT estão submetidos às mesmas diretrizes curriculares definidas pelo Ministério da Educação e Cultura; politicamente, a condição de estudante de Filosofia, que perpassa diversas lutas, que dizem respeito à educação, política, estética, história, epistemologia, ética, metafísica, entre outros; e, profissionalmente, no sentido de que todos, seja formados na UFMT ou não, serão filósofos, e lidarão com problemáticas semelhantes, quer nas salas de aulas, quer em instituições de pesquisa. 
Tendo em vista esse cenário exposto, mostra-se importante e necessário um espaço e momento de encontro dos estudantes de Filosofia de todo o Brasil aqui na UFMT, para mostrarmos a importância da Filosofia nos rincões do país.  
Após o registro no site, o participante deverá efetuar o pagamento da taxa de inscrição, por meio de depósito bancário ou transferência em conta.
de 11/10/2013 à 20/12/2013 – R$ 80,00
de 21/12/2013 à 10/01/2014 – R$ 100,00
de 11/01/2014 até a recepção e credenciamento (19 e 20/01/2014) – R$ 120,00