segunda-feira, 8 de julho de 2013

Filosofia em cartazes minimalistas

Filosofia em cartazes minimalistas

Sintetizar conceitos filosóficos é algo bem difícil. Mais difícil ainda se isso for feito com minimalismo. Genís Garreras é o pensador desse incrível projeto: o Philographics. Como estão todos em Inglês, fiz uma tradução livre para que todo mundo possa compreender melhor.

Individualismo: A postura política que defende a proteção dos direitos do indivíduo acima das coletividades, como estados, religiões e grupos sociais.



Dualismo: A convicção de que todos os conceitos do mundo consistem, fundamentalmente, em duas qualidades contrastantes, como bom e mau ou corpo e mente.


Racionalismo: A teoria que a razão humana pode ser a fonte de todo o conhecimento.


Relativismo: A afirmação de que nenhuma crença pode dizer possuir a verdade absoluta, tendo valor apenas dentro de um certo contexto ou referência.


Reducionismo: A ideia de que a natureza de coisas complexas podem ser sempre reduzidas e explicadas por verdades mais simples e fundamentais.


 Ateísmo: A ausência de fé na existência de deuses e deidades.


Niilismo: A visão filosófica de que o mundo, e a existência humana em particular, é sem sentido, propósito, autenticidade ou valor.


Dogma: A adesão inflexiva à uma rígida doutrina ou ideologia, sem abertura para debates racionais ou debates


Livre-arbítrio: A habilidade de agentes conscientes serem livres para fazer suas próprias decisões, livres de qualquer restrição social, moral ou política.


Positivismo: A posição de que a única forma autêntica de conhecimento é adquirida através de meios científicos.


Humanismo: Um âmbito de visões éticas que considera a natureza humana como fonte da moralidade.


Idealismo: A visão filosófica que afirma que a realidade é fundamentalmente baseada e moldada por ideias e experiências mentais, no lugar de forças materiais.


Anarquismo: Uma gama de pontos de vista que se opõe à ideia de estado como uma forma de governo, e no lugar defendendo uma sociedade baseada em relações não-hierárquicas.