sexta-feira, 26 de abril de 2013

Impressionismo - Belas Artes

Impressionismo


Movimento artístico iniciado por pintores franceses na segunda metade do séc. XIX e que se estendeu para outras formas de expressão, como a música, a literatura e a escultura. De caráter antiacadêmico, caracterizava-se por apresentar uma impressão imediata de um objeto ou acontecimento. Os pintores impressionistas procuravam mostrar o que o olho vê de relance. Tentaram reproduzir a luz tal como ela é captada pelo olho quando refletida na superfície dos objetos. Por esse motivo, muitas pinturas impressionistas resultam num brilho vibrante. Certos pintores conseguem esse efeito recorrendo à técnica da cor dividida, que consiste em aplicar a tinta em pequenas quantidades distintas de cor pura, em vez de misturá-las na palheta.

Mulher com Ameixa, obra impressionista do pintor francês Edouard Manet.


O Impressionismo Francês.
O termo Impressionismo é aplicado comumente à obra de um grupo de artistas franceses que, entre 1870 e 1910,revolucionou a pintura com quadros luminosos e coloridos. Esse termo foi empregado pela primeira vez para descrever uma mostra dos trabalhos do grupo, em 1874, em Paris.
Os impressionistas franceses foram influenciados por um movimento realista na pintura, ocorrido durante a segunda metade do séc. XIX, pelo estudo científico da luz e da cor, que ganhou importância na mesma época, bem como pela técnica da fotografia, que se desenvolvia naquele momento. Esses artistas eram adeptos de composições que parecessem informais e espontâneas. Pintavam com rapidez, em vez de desenvolver suas pinturas a partir de estudos e planos. Preferiam trabalhar ao ar livre, com luz natural. Frequentemente repetiam várias vezes o mesmo tema em diversos climas, para mostrar como os efeitos de cores e superfície mudam de acordo com a hora do dia. Entre os impressionistas franceses figuram Edouard Manet, Camille Pissarro, Edgar Degas, Alfred Sisley, Claude Monet e Pierre Auguste Renoir.

Edouard Manet foi um pintor realista que influenciou o desenvolvimento do Impressionismo. Partiu de qualidades simbólicas e descritivas da arte primitiva e combinou-as com experiências visuais puras e, na maioria das vezes, cotidianas.


Alfred Sisley e  Camille Pissarro pintaram o ambiente rural francês e paisagens de rio.



Claude Monet interessou-se especialmente pelas súbitas mudanças dos efeitos atmosféricos.




Edgard Degas não aplicou a técnica da cor dividida, mas suas composições são espontâneas e imediatas; agradava-lhe pintar dançarinas de balé e corridas de cavalo.

Auguste Renoir explorava os efeitos da luz do sol nas pessoas e nas flores.



Berthe Morisot , pintora impressionista francesaDepois de conheceManet, posou para ele como modelo e apaixonou-se por Eugênio, irmão do pintor, com quem se casou.